02/02/2019

Rodrigo Pacheco: saúde, educação e emprego serão prioridades no Senado


Eleito com mais de 3,6 milhões de votos nas últimas eleições, o senador por Minas Gerais Rodrigo Pacheco (MG) disse que suas principais bandeiras na Casa serão saúde, educação, segurança pública e geração de emprego e renda. “Essas sempre foram prioridades no meu mandato como deputado federal e continuarão sendo no Senado”, destacou. Deputado federal entre os anos de 2014 e 2018, Pacheco defendeu ainda a necessidade de o Congresso aprofundar o debate em torno de temas necessários para o país, como as reformas estruturais.

“Em função do momento econômico do país e da necessidade de reformas, temos que nos aprofundar no debate tributário, na desburocratização de processos para acelerarmos o desenvolvimento e a geração de emprego”, frisou o senador mineiro. Em relação às expectativas para 2019, Pacheco afirmou que trabalhará, no Senado, pela redução da burocracia e por projetos que incentivem o empreendedorismo e o fim das distorções dos privilégios no país.

“Continuarei o trabalho com os projetos que tenho na Câmara dos Deputados e que irão necessariamente para o Senado. Trabalharei muito para dar a governabilidade ao país, para permitir que sejam adotadas as mudanças de que tanto precisamos: reforma tributária, alteração da Lei de Licitações e correção de distorções e de privilégios, que são muitos. Temos que trabalhar nessa linha”, ressaltou o senador.

Biografia

Formado em Direito pela PUC Minas, Rodrigo Pacheco é advogado e foi o mais jovem conselheiro federal da Ordem dos Advogados do Brasil, entre 2013 e 2015. Logo no primeiro mandato como deputado federal, presidiu a Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Casa. Foi a primeira vez que o cargo foi exercido por um deputado de primeiro mandato. Sua atuação foi marcada pela independência, defesa da ética e aperfeiçoamento da segurança jurídica no país. Ao mesmo tempo, elegeu a defesa da educação, saúde, segurança e o desenvolvimento econômico como principais bandeiras.