Noticiário
Ano I - n. 4 - abril / junho, 2009

 
Ano Internacional da Astronomia

       
       
       2009 foi escolhido como Ano Internacional da Astronomia, iniciativa conjunta da ONU, da UNESCO e da União Astronômica Internacional.. A iniciativa conta com a adesão de 136 países. A comemoração deverá consistir na efetivação de eventos que permitam popularizar o acesso aos Planetários, existentes nas principais cidades do mundo, entre estes palestras, exibição de documentários e, sobretudo, permitir observações em telescópios do maior número. A expectativa é de que, em todo o mundo, dez milhões de pessoas façam essa experiência pela primeira vez, sendo que pelo menos um milhão no Brasil. Os especialistas partiram da comprovação de que o contato inicial com a astronomia corresponde a uma forma privilegiada de compreender a natureza da ciência moderna.
       
       A escolha de 2009 prende-se ao fato de que, há 400 anos, Galileu Galilei (1564/1642) realizou importantes observações no telescópio, instrumento que aperfeiçoou de modo extraordinário, observações essas que corresponderam a um passo decisivo na comprovação da denominada “teoria heliocêntrica”, isto é, de que a Terra girava em torno do Sol.
       
       Nos começos do século XVII, a evolução do telescópio ocorria em diversas partes da Europa. Galileu dedicou-se a aperfeiçoar o modelo que possuía duas lentes, uma em cada extremidade do tubo. Através de sucessivas melhorias aumentou inicialmente em três vezes o tamanho aparente dos objetos observados, depois para dez vezes e, finalmente, para trinta vezes. Assim observou muito mais estrelas que as visíveis a olho nu. Registrou que o planeta Júpiter era acompanhado, em suas órbita, por quatro pequenas luas. Concluiu que, se um planeta podia arrastar os seus próprios satélites, não era correta a inferência de que se a Terra se movesse, como supunha Copérnico, a Lua seria deixada para trás, que era um dos argumentos considerados de peso, à época, contra a tese de que a Terra girava em torno do Sol e não o contrário.
       
       Apesar de perseguido e obrigado a silenciar, na obra escrita que nos legou, Galileu lançou as bases do novo método de observação da natureza, enfatizando que precisaria ser orientada por uma hipótese, isto é, deveria facultar respostas a determinadas perguntas. Além disto, elaborou uma primeira versão das leis do movimento, a partir da qual Isaac Newton (1642/1727) proporcionaria uma formulação acabada à física moderna.
       
       Uma primeira aproximação à obra teórica de Galileu, escrita em linguagem acessível, pode ser encontrada, no site do Instituto de Humanidades, no Dicionário das Obras Básicas da Cultura Ocidental (www.institutodehumanidades.com.br)
       As comemorações do Ano Internacional da Astronomia, no Brasil, contarão com a participação de cerca de duzentos grupos, integrados por astrônomos amadores e profissionais, equipes dos Planetários e de instituições de pesquisa. Além disto, ocorrerá no Rio de Janeiro, em agosto, a assembléia da União Astronômica Internacional. A programação do conjunto de eventos está mostrada no site www.astronomia2009.org

OUTROS NOTICIÁRIOS
 
Demonstração de que o Governo não tem Política de Saneamento Básico

 
# Sumários das edições da Revista On-Line Liberdade e Cidadania:  Ed. n. 01 , 02 , 03, 04, 05, 06, 07, 08, 09, 10, 11, 12, 13, 14 , 15, 16, 17, 18 
Revista On-Line Liberdade e Cidadania - Registro ISSN Nº 1983-9162
w w w . f l c . o r g . b r / r e v i s t a

Copyright © 2012 - Fundação Liberdade e Cidadania - Todos os direitos reservados
Senado Federal - Anexo I - 26° andar - Brasília - DF - CEP 70.165-900
Tel.: (61) 3311-4273 / Fax: (61) 3223-6201
[email protected]