28/03/2019

Pedro Paulo destaca prioridades da pauta econômica


Em entrevista à TV Câmara, o deputado Pedro Paulo (RJ) falou sobre a PEC da Regra de Ouro (PEC 438/2018), da qual é autor, sobre ajuste fiscal e sobre a Reforma da Previdência, temas que são prioridade no mandato do parlamentar carioca. “Tenho me dedicado muito no parlamento a esses temas fiscais. Fui relator do Regime de Recuperação Fiscal dos estados, que atendeu especialmente ao Rio num primeiro momento, e hoje outros estados estão tentando aderir”, lembrou Pedro Paulo.

O objetivo da PEC da Regra de Ouro é conter o crescimento das despesas obrigatórias, regulamentar a regra de ouro, instituir plano de revisão das despesas, e dar outras providências, medidas que vão ao encontro do que tem defendido o ministro da Economia, Paulo Guedes. “A PEC ataca justamente esse problema, que é o que o Paulo Guedes tem dito, para devolver aos estados o poder orçamentário, reduzir vinculações e atacar despesas obrigatórias, que é um dos grandes problemas fiscais que o Brasil tem”, disse Pedro Paulo.

O deputado também declarou que é favorável à reforma da Previdência e revelou que colocou o seu nome à disposição para relatar a PEC da Nova Previdência apresentada pelo governo. Segundo ele, todos os setores terão que pagar uma conta para que se possa ajustar o sistema previdenciário. No entanto, ele disse que a necessidade da reforma decorre de um bom motivo: aumento na expectativa de vida dos brasileiros. Ele acredita, no entanto, que o texto pode ter aperfeiçoamentos.

Sobre o ajuste fiscal, Pedro Paulo acredita que este é um grande, mas necessário, desafio para o Brasil. O deputado avalia que a economia ficou pequena para o tamanho do Estado. “Temos de rever a questão das despesas, não só do ponto de vista da redução da despesa, mas da qualidade do gasto público, onde as despesas são empregadas, qual tipo de desigualdade produz, entre outras coisas”, concluiu.