Parcerias internacionais históricas Democratas/ILEC

O Democratas foi fundado em janeiro de 1985 sob a denominação provisória de Partido da Frente Liberal – PFL. Passou...

O Democratas foi fundado em janeiro de 1985 sob a denominação provisória de Partido da Frente Liberal – PFL. Passou por um processo de “refundação” em 2005 quando procedeu a uma revisão de seus estatutos. Em 2007 adotou a denominação atual: Democratas – DEM. Em toda sua história, que no ano de 2020 completou 35 anos, o DEM manteve uma intensa a profícua relação com agremiações de outros países e com entidades internacionais que reúnem partidos conforme a sua orientação política e ideológica.

O DEM é membro de dois organismos partidários mundiais: a IDC – Internacional Democrata de Centro – e a IDU – União Democrática Internacional. Praticamente todos os mais importantes partidos de orientação de centro-direita do mundo são membros dessas entidades: os partidos democrata-cristãos da Alemanha (CDU e CSU), o Partido Popular da Espanha, o Partido Conservador da Inglaterra, o Partido Social Democrata de Portugal e muitos outros.

Na atual composição dos Comitês Diretivos da IDC e da IDU o DEM ocupa, em ambos, uma das vice-presidências. O ex-Presidente da Juventude do DEM foi Presidente da IYDU – Juventude da IDU – e atualmente é seu Tesoureiro.
O DEM é ainda membro de duas organizações de âmbito latino-americano: a União de Partidos Latinoamericanos – UPLA e a Organização Democrata Cristã da América – ODCA, e também ocupa posição de Vice-Presidência em cada uma.
As trocas de experiências com políticos de todos os continentes, o debate de idéias e de programas no âmbito das organizações internacionais têm sido extremamente valiosas para a qualificação de parlamentares, administradores públicos e líderes da juventude e das mulheres do partido. Muitos projetos de governos e prefeituras de outros países foram utilizados por administrações municipais e estaduais do DEM com significativos resultados para suas comunidades. Muitos de nossos mais destacados parlamentares, governadores, ministros e prefeitos tiveram como parte importante de sua formação as experiências que o relacionamento internacional do partido propiciou.

As ações do Democratas no âmbito das relações externas é planejada e executada através do ILeC. Contatos com os organismos internacionais, organização de eventos no Brasil e participação em outros no exterior contam sempre com a coordenação do Instituto.
É especialmente importante a parceria que mantemos com institutos e fundações como a Fundação Konrad Adenauer (KAS), da CDU (União Democrata Cristã) da Alemanha, e a Fundação para a Análise e Estudos Sociais (FAES) do Partido Popular (PP) da Espanha. Muito das ações relatadas acima foram realizadas em conjunto e com o apoio dessas organizações.